CN Portugal

Convidamos-vos a conhecer-nos, lendo as nossas apresentações e biografias breves e a escrever-nos caso haja ideias/questões ou sugestões para o email info@nullpt.diem25.org .
Todos os membros do Coletivo Nacional têm acesso a este email mas se a tua sugestão se dirigir a algum membro do CN /posição em específico poderás colocá-lo no assunto. Caso o assunto seja relativo a Coletivos espontâneos (CEDs / DSC) ou ativação de membros poderás também escrever para o email gruposlocais@nulldiem25.org.
Carpe DiEM!

Marta de Sousa e Silva

Ativação de membros, CEDs (grupos locais) e cooperação com movimentos

Advogada a título individual e recrutadora da Amnistia Internacional em part time – de Cascais

Grata pela oportunidade de estar em contacto com membros e com outros movimentos associativos e organizações, especialmente numa altura em que a sociedade civil se sente tão alheia ao processo político.

Marko Mitic

Ativação de membros e redes sociais. Ponto de contacto com outros Coletivos Nacionais

Antropólogo, tradutor e colaborador em projetos de arte enquanto freelancer - de Lisboa

Acredito na democracia de bases, alcançada através do empoderamento de indivíduos e grupos

Raquel Nunes

Criatividade e campanhas

Com uma formação de base artística, diretora e professora de som – de Oeiras

Tenho 3 filhas e, servindo-lhes de exemplo com este voluntariado, quero alargar-lhes o conceito de NÓS: da família aos habitantes da Terra (e algumas grandes ambições valem a pena). Com diálogo, imaginação e sem medo de tentar, pretendo criativamente ajudar o movimento a crescer.

Gonçalo Portela

Contacto com parceiros e ponto de contacto GNDE em Portugal com especialistas

Engenheiro do ambiente - da Parede

Quero participar ativamente num movimento a nível europeu que corresponda à destruição das políticas de austeridade a ao fim da impunidade dos bancos e instituições responsáveis pela crise económica. O DiEM25 vai de encontro a estas expectativas.

Patricia Sousa

Eventos e campanhas

Enfermeira e docente.

Vi em primeira linha o efeito devastador da austeridade, da prevalência dos interesses financeiros para além do valor humano e isto, foi sem dúvida, clarificador. Quando conheci este movimento, que pretende a união pelos valores de solidariedade, humanismo, transparência, ecologia e luta contra os poderes instalados e, muito importante, tendo origem “nas bases” que espontaneamente se formam, não hesitei em integrar e em querer contribuir para o DiEM25.

Gianna Merki

Contacto com entre o CC – CN e apoio geral

Editora, tradutora, mediação de conflitos – de Lisboa

O estabelecimento de pontes, o diálogo e a democracia de bases são a minha motivação.

Ana Paiva

Contacto com sociedade civil

Profissional de comunicação e relações internacionais - do Porto

Tenho interesse particular nas áreas relacionadas com a educação, migrações, igualdade de género e alimentação biológica.

Diogo Medroa

Ex-officio
Coordenador de voluntários e Coordenador da campanha GNDE (Green New Deal Europe) em Portugal

Chamo-me Miguel Santos e sou ilustrador. Juntei-me ao DiEM25 em 2017 e comecei como tradutor voluntário (Português/Inglês). Também fiz parte do Conselho de Validação no mesmo ano. No início de 2018 tornei-me membro do Colectivo Nacional Provisório em Portugal como Ex Officio para 'Campanhas e Eventos'. No passado participei em campanhas para a paz e independência de Timor Leste e pela descriminalização das drogas. Também participei em campanhas a favor de direitos laborais, contra a invasão do Afeganistão e Iraque, e contra políticas Neoliberais.

Cláudia Maria Borges

Ex-officio
Coordenadora de comunicação e diversidade

Jornalista/ Relações Públicas e Comunicação

I believe in the power of a stronger and unified Europe, where every single human being is equal and has the same rights. It’s our social responsibility to contribute to a positive change in Europe, a solid, plural and cultured Europe. I want to be part of it and add my contribute!

Bernardo Vicente

Ex-officio
Apoio nas redes sociais

Estudante de contabilidade e administração – de Lisboa

Nesta situação frágil em que a Europa e as suas instituições se encontram, toda a ajuda é bem-vinda. Juntei-me por isso, pela missão e por achar que poderia contribuir de algum modo. Mais democracia e transparência são necessárias para um futuro próspero na Europa.