As atividades do DiEM25 em Barcelona aquando da celebração da vitória de Ada Colau e do Barcelona en Comú.

DiEM25
Seg 06, 2016, Artigos
Spread the word

À medida que as eleições gerais em Espanha, a 26 de Junho, se aproximam, o DiEM25 esteve ativo em Barcelona na semana passada, juntamente com o Presidente da Câmara Ada Colau (membro fundador do DiEM25), com os nossos amigos e camaradas do Barcelona en Comú, e com a secção local do DiEM25.

A ocasião foi a comemoração do aniversário da extraordinária, inspiradora e corajosa vitória de Ada nas eleições Municipais da cidade de Barcelona. Além disto, tratou-se também de uma oportunidade para o DiEM25 participar na campanha pré-eleitoral espanhola para incentivar a população da Catalunha e, de forma geral, a população espanhola, a aproveitar a oportunidade para eleger um governo que possa, de facto, desencadear uma mudança efetiva na Europa.

Yanis Varoufakis, que esteve em Barcelona para comemorar e para mobilizar ao lado de Ada Colau, Gerardo Pisarello (Vice Presidente da Câmara) e Jordi Ayalla (Gestor Financeiro Sénior de Barcelona), disse o seguinte:

Com Ada, Gerardo e Jordi toda a Europa está a olhar para a cidade de Barcelona como porta-estandarte de políticas democráticas ao nível do governo local, bem como enquanto laboratório que produz formas inovadoras para apoiar as comunidades locais, cooperativas e negócios de forma prática. Barcelona é também iniciadora da rede de cidades rebeldes que o DIEM25 considera fulcral no processo de democratização da União Europeia. Ada e os nossos outros camaradas pediram ao DiEM25 para espalhar a palavra pelos quatro cantos da europa quanto ao que Barcelona tem alcançado, tarefa essa que o DiEM25 abraçou com entusiasmo”.

Em relação às próximas eleições gerais em Espanha, Varoufakis disse:


“No dia 26 de junho, o povo da Catalunha e o povo Espanhol têm uma oportunidade única para votar num governo progressista que possa salvar a União Europeia de si mesma e do desastre causado pela austeridade autodestrutiva, reprodutora de um autoritarismo insuportável. O primeiro-ministro em exercício – do Partido Popular, de direita, comporta-se como uma criança mimada em Bruxelas, implorando que o autorizem a violar regras impraticáveis. O próximo primeiro-ministro da Espanha, representando um governo progressista que os eleitores espanhóis têm agora a oportunidade de trazer ao poder, deverá convocar uma cimeira da UE para debater e elaborar novas regras racionais e executáveis. Só assim é que a Espanha poderá respirar novamente numa Europa que redescobre a sua postura, racionalidade e humanidade. É por este motivo que o 26 de Junho é uma oportunidade única, que será realizada desde que o próximo governo se recuse a comprometer-se com as políticas existentes e com os acordos anteriores de Rajoy e de Guindos relativos ao Eurogrupo”.

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here.