Southern European meeting is taking place at Villa Madama in Rome with leaders of Cyprus, France, Greece, Italy, Malta, Portugal and Spain. (AP Photo/Alessandra Tarantino)

Cimeira no Sul da UE: tudo conversa sem ação?

Numa democracia a funcionar adequadamente nós apoiaríamos discussões e ações coletivas entre os membros. Se a União Europeia fosse uma organização democrática exemplar, então uma reunião de alguns dos seus países para discutir soluções para problemas Europeus seria mais do que bem-vinda. Mas sob a tutela de um establishment burocrático e ineficiente que despreza os processos democráticos, uma reunião destas apenas revela o seu estado disfuncional, pior ainda quando estes mesmos membros apelam a mais democracia através da União Europeia.
Com base no que contaram aos repórteres os líderes dos países da Europa do Sul que se juntaram, nada de especial aconteceu. Eles pediram mais integração europeia, mais democracia e políticas de migração melhores. Tudo soava muito importante mas também estranhamente familiar. 
Como sempre, teria sido tão mais significativo se tivéssemos ouvido falar sobre planos específicos para ação e iniciativas. Então será isto uma “Cimeira do Sul” capaz (ou disposta?) a dar voz a uma alternativa a uma Europa dominada pela Alemanha? Ou, Não há outra Alternativa (TINA)?
No DiEM25, acabamos com o dogma TINA  Surpreendentemente, há muitas alternativas. A nossa alternativa é o New Deal Europeu. Ambicioso? Sim! Atingível?Completamente. Vamos a isso!

 
Aris é um membro e voluntário do movimento DiEM25

 
(AP Photo/Alessandra Tarantino)
 

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here