Maurer family protests

Despejos que não deveriam ter acontecido

 
Em Belgrado, capital da Sérvia, a luta contra os despejos habitacionais continua. A 9 de março, os ativistas da Iniciativa Telhado Sobre a Cabeça (Roof Over Head Initiative) – uma associação de organizações, movimentos e partidos progressistas – manifestaram-se em frente ao edifício onde a família Maurer esperava para ser despejada da sua própria casa.
Os problemas da família começaram quando o inquilino usou documentos falsificados para colocar o seu apartamento sob hipoteca. Para tal abriu uma nova linha de crédito no banco. Em vez de perseguir o criminoso, o banco decidiu despejar a família Maurer. Após chamar a atenção do banco para este problema com o banco, os ativistas do Roof Over Head Initiative foram informados que neste banco existiam 1000 casos semelhantes.
Apesar da batalha legal, a família Maurer foi despejada da sua casa a 16 de março sob escolta da policia local. Em resposta foram realizadas manifestações e obstruções das vias adjacentes  mas a fraca adesão e meios não permitiram contestar os vários interesses que sustentam a “indústria dos despejos”.
O tratamento injusto desta família deveria ser um sinal para os europeus acordarem, irem para as ruas e batalhar até estes despejos residenciais – onde só oligarcas domésticos e multinacionais beneficiam – deixarem de “varrer” as nossas cidades.
 
Aleksandar é membro do CED Belgrade 1, escritor, dramaturgo, historiador e journalista.  Entre os tópicos que lhe suscitam mais interesse está a liberdade de expressão e a política cultural europeia
 

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here