A energia dos membros do DiEM25 em Berlim

Um testemunho do evento de lançamento do MERA25 em Berlim, na Alemanha

A Alemanha acabou de lançar este fim-de-semana o partido político alemão do DiEM25, o MERA25. O relato que aqui se segue descreve notas tiradas ao longo dos últimos dias em Berlim, sobre como é que todas/os as/os membros presentes se uniram e mobilizaram para tornar este evento possível, provando que quando nos juntamos temos força, e quando temos força ninguém nos derruba.

Um grande número de membros do DiEM25 das mais variadas nacionalidades chegou a Berlim sem realmente saber se iria conseguir ser mais do que mero espectador, e sem saber exatamente de que forma cada um deles se podia tornar útil. E esta foi a preocupação que se foi ouvindo constantemente por todos os corredores onde o MERA25 alemão organizou eventos este fim-de-semana, desde o edifício da Freie Universität, onde Yanis Varoufakis deu a conferência Re-Thinking Money na sexta-feira, ao Kino International, onde teve lugar o lançamento oficial do partido com Julijana Zita e também Yanis Varoufakis, ou ainda a Jugendherberge Ostkreuz, onde organizámos um dia comunitário com workshops que para dar a conhecer às/aos membros presentes todas as atividades e projetos que estamos a desenvolver.

Foram várias as formas que os membros encontraram para se envolverem ao longo dos dias, aliviando e complementando a equipa alemã: uns distribuíram flyers, outros prepararam a exposição We are millions, a campanha que defende a libertação imediata de Julian Assange, colando muitas fotografias num placard; outros ainda penduravam posters para publicitar o evento; outros ainda viajaram de longe para vir ajudar a filmar e fotografar, para termos mais tarde materiais de qualidade e podermos mostrar o evento a um público mais vasto e todos os que não conseguiram estar presentes; os cafés apareciam porque alguém se lembrava de acarinhar com um gesto simples quem estava a trabalhar mais; sem falar de toda a equipa alemã cuja total dedicação nem consigo descrever, porque esta equipa não dormiu, não viveu, não respirou ao longo destes últimos dias para conseguir fazer este fim-de-semana acontecer com um grau de profissionalismo que põe inveja a muitas produtoras de eventos profissionais.

E muito, muito mais aconteceu neste fim-de-semana em que todos os presentes perceberam a força da união que o DiEM25 pode provocar se tivermos todos a olhar para a mesma direção.

O DiEM25 tem a sua história passada, “errou e voltou a errar” como assumiu este fim-de-semana Yanis Varoufakis, mas está agora a reerguer-se com passos concretos, criando estruturas sólidas, país a país, para reunir ativistas e políticos em torno de um consenso político de esquerda progressivo e radical.

Cada membro, cada ativista do DiEM25, tem a capacidade de começar, amanhã, a fortalecer o DiEM25 no local onde viver. Tem a capacidade de se transformar e transformar as/os que a a/o rodeiam, e sobretudo de mudar a visão distorcida que nos tentam vender sobre a sociedade em que vivemos, que muitas vezes se resume a uma culpabilização do indivíduo, para justificar todos os reversos deste capitalismo tóxico que está a destruir as nossas democracias.

Por isso, depois de um fim-de-semana onde provámos juntos que estamos aqui, estamos vivas/os, estamos a ficar mais sólidos, vamos repetir. Vamos repetir a experiência país a país, para tornar o DiEM25 numa verdadeira alternativa política.

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here