John McDonnell e o DiEM25 aliam-se por uma Europa democrática

DiEM25

, Artigos

LONDRES, 3 de Junho, 2016 – O Ministro das Finanças sombra do Partido Trabalhista, John McDonnell, juntou o seu inequívoco apoio aos princípios do DiEM25, e a uma lista de apoiantes ilustres e em rápido crescimento, incluindo Noam Chomsky, Ken Loach, James K. Galbraith e Brian Eno.

John McDonnell tem feito uma vigorosa campanha ao lado do cofundador do DiEM25, Yanis Varoufakis, e encontrou uma resposta entusiasta da parte dos britânicos de todos os horizontes, que agora reconhecem a existência de uma alternativa humanista viável.

Yanis Varoufakis afirmou:

O DiEM25 orgulha-se de dar as boas-vindas a John McDonnell na qualidade de membro. Num momento em que a Europa se desintegra sob o peso da austeridade e do seu vácuo democrático, o nosso movimento junta democrátas de todo o continente. Juntos enfrentamos políticas falhadas e um sistema que desrespeita a democracia. Juntos procuramos recuperar a nossa Europa em nome dos seus cidadãos. Recusamos render-nos a Bruxelas, mas também recusamos render-nos à fantasia tranquilizadora de recuar para dentro dos nossos estados-nação. Na qualidade de Ministro das Finanças sombra da Inglaterra, o John está a trabalhar fervorosamente na criação de uma agenda económica progressista do Partido Trabalhista para a Grã-Bretanha. É da responsabilidade do DiEM25 integrar tais planos numa agenda pan-europeia. John McDonnell, bem-vindo ao DiEM25. Temos tanto para trabalhar.”

O discurso de John McDonnell no lançamento da campanha ”Vote In” do DiEM25/AEIP, no passado Sábado estimulou a assembleia ao afirmar que:

Pela primeira vez em mais que uma geração, há movimentos e forças políticas … a mobilizarem-se pela Europa para responder ao desafio de transformar democraticamente as instituições europeias – e numa resposta cada vez mais unida.

Agora temos a oportunidade de recuperar um debate sobre o futuro democrático de uma Europa … que é indispensável, … orgulhosa de ser Britânica, … mas também com orgulho do futuro europeu que estamos a criar em solidariedade.”

Yanis Varoufakis reiterou a importância do evento ao observar:

“…para garantir que a mudança é progressiva, temos de implantar a democracia britânica num crescimento mais amplo da democracia que percorre toda a União Europeia. É por isso que estou aqui a assinar a Declaração de Londres por uma Europa social; uma Europa democrática; uma Europa dinâmica, uma Europa pacífica; uma Europa aberta; uma Europa sustentável.”

Isto culminou com John a assinar a ‘Declaração de Londres‘ ao lado de Yanis Varoufakis, Caroline Lucas, Owen Jones e mais camaradas britânicos, num acordo entre europeus empenhados na recuperação de uma Europa democrática na qual a Grã-Bretanha possa prosperar. A importância a longo prazo da ‘Declaração de Londres’ reside numa convergência inédita de apoio dentro da Esquerda radical e progressista, unida e voltada para uma proposta simples, concisa, modesta – a democracia.

A convicção e consistência de John McDonnell, ao apelar à dimensão humana em vez do sofisma na vida pública, traduz os valores e princípios que o DiEM25 vê como fundamentais para um futuro europeu emancipado do caos neoliberal.

 

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here.