Laurent Wauquiez

Laurent Wauquiez acusa Macron de criar uma "célula de destruição"

Mark Twain escreveu: “Se tiver de ser indiscreto, seja discreto com a sua indiscrição”. Infelizmente, o político francês Laurent Wauquiez, líder do partido dos Republicanos, falhou ao não seguir este conselho quando se descobriu que foi gravado a fazer declarações de conspiração contra o Presidente Emanuel Macron.

Sem grande perda de amores entre o candidato da Direita e o Presidente francês de centro-esquerda, Wauquiez disse aos esudantes de uma faculdade de economia em Lyon que Macron “contribuiu substancialmente na monagem de uma célula de destruição” com o intuito de debilitar politicamente o anterior primeiro-ministro republicano, Francois Fillon.
Num país onde tanto as indiscrições pessoais dos políticos como as suas vitórias na política são do conhecimento público – como as escapadelas noturnas de Francois Hollande para visitar a amante –  Os comentários de Wauquiez poderão parecer perfeitamente “à francesa”. No entanto refletem uma tendência muito mais sombria a favor da conspiração entre a extrema-direita europeia. Os partidos de extrema-direita, de forma transversal, têm adoptado uma estratégia de falsas alegações e de difusão do medo com o intuito de alimentar as fornalhas de suspeita entre os seus apoiantes.

O Diem25 opõem-se a este tipo de estratégias políticas. Apesar de nós divergirmos fundamentalmente com o Presidente Macron em muitos aspectos políticos, valorizamos a verdade, os factos e o respeito no nosso movimento. Nós nutrimos grande respeito pela desobediência civil – um modo de fazer política que tem tanto de civil como de desobediente. Junta-te a nós neste nosso movimento para agitar a Europa.
 

Jane faz parte do CED de Londres e bloga sobre feminismo, política e temas étnicos em  www.ambitiousmamas.co.uk. caPodes também segui-la no Twitter.

 
Foto: BERTRAND LANGLOIS AFP
 

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here