Lobby

Lobby de Extrema-Direita incentiva a desregulamentação da UE

Um grupo de partidos libertários e de direita do Reino Unido está a planear pressionar secretamente os Ministros para criar um acordo de livre comércio com os EUA que levantaria a atual proibição de comércio de bens essenciais como a carne, produtos químicos e drogas.

Muitos dos ‘Brexiters’ vêem a UE como sendo algo excessivamente regulamentado em comparação com os padrões mais liberalizados dos Estados Unidos. Se conseguirem atingir os seus objetivos, os reguladores britânicos vão permitir que sejam importados e vendidos pela primeira vez carne de frango clorada e carne bovina criada com hormonas.

Estes planos prevêem que o “Princípio de Precaução” da UE – que impõe aos comerciantes a responsabilidade de provar que algo é seguro antes de ser vendido – seja suprimido, o que é bastante alarmante.

Estes planos foram revelados quando houve um equívoco e a ‘Iniciativa de Livre Comércio’ (IFT), que lidera o grupo, os publicou online. Os outros membros são a ‘Fundação do Património’, interessada em ver a revogação das proteções ambientais, e o ‘Instituto Cato’, financiado, em parte, pelos irmãos Charles e David Koch – que são bem conhecidos pela sua influência sobre a plataforma política do Partido Republicano.

Desde a sua fundação, a DiEM25 tem apresentado argumentos contra uma desregulamentação que levaria a uma redução do padrão de vida das pessoas e a uma maior desigualdade. Pedimos às pessoas da Europa que se juntem a nós para defender uma nova agenda progressista que proteja os animais, os trabalhadores e o meio ambiente.

Jane é membro do nosso CED de Londres e têm um blog (https://www.ambitiousmamas.co.uk) sobre feminismo, política e raça. Também podes segui-la no Twitter.

 

 

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here