O precariado está a retaliar – Nós devemos apoiá-los

DiEM25 Portugal
Ter 05, 2018, Member-contributed
Spread the word

Na semana passada numa das praças históricas de Amsterdã,o os condutores do Deliveroo juntaram-se para transmitir uma mensagem ao Mundo. As suas exigências não são rebuscadas e são fundamentais: Uma apólice de seguro, segurança no trabalho e compensações justas.

Este movimento não é só Holanda nem só sobre o Deliveroo.

É um problema mundial. As empresas e as apps como a Uber, a Deliveroo e Airbnb alteraram as regras do trabalho e ambiente. Tratam muitas vezes os trabalhadores como trabalhadores independentes, obrigam-nos a usar os próprios carros, bicicletas e casas e resistem bastante a aceitar as responsabilidades do empregador.

Pior, fazem lobby para limitar os direitos do trabalhador, às vezes com o apoio dos governos — ao mesmo tempo que extraem lucros gigantescos e dão compensações baixas para acidentes de trabalho. É o capitalismo no seu melhor: De um lado os trabalhadores com quase zero direitos; Do outro, a acumulação de capital e poder.

No DiEM25, acreditamos nos direitos dos trabalhadores. Lutamos contra a acumulação desigual de riqueza por parte dos executivos, e contra aqueles que preferem ver os trabalhadores como escravos. não como seres humanos. A nossa Agenda Progressiva para a Europa oferece uma visão para um mercado de trabalho justo onde todos podemos prosperar.  Junta-te a nós aqui e contribui para o nosso pilar do trabalho!

 

Aris é membro e voluntário do DiEM25.

 

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here.