Press release: O DiEM25 condena os ataques de Bruxelas

“A Europa deve unir-se mais do que nunca.”

ROMA, Itália, 22 de Março de 2016.-O DiEM25, Movimento para a Democracia na Europa, condena veementemente o atentado terrorista perpetrado esta manhã em Bruxelas e transmite as suas mais profundas condolências e solidariedade para com os feridos, os entes queridos das vitimas mortais de tão brutal ataque, e também com o povo e autoridades da Bélgica.
A Europa deve atingir o terrorismo de forma firme.
Não vamos poupar esforços até que os autores destes crimes sejam detidos e levados perante a justiça.
Mas, simultaneamente, devemos evitar respostas inadequadas, criando inadvertidamente novas fontes e formas de descontentamento que alimentem o terrorismo no futuro.
Neste momento sombrio da história da Europa, a Europa deve unir-se mais do que nunca. A unidade deverá ser o nosso objectivo. Novas fronteiras entre os nossos países e novas formas de islamofobia não ajudaram a tornar-nos e a sentirmo-nos mais seguros após Paris. As acções unilaterais na crise dos refugiados reduziram a nossa capacidade de agir em uníssono, com confiança e com o humanismo, que são a arma mais forte da Europa.
Hoje, é tempo para lamentar os nossos mortos, cuidar dos nossos feridos e deter os culpados.
Amanhã será a vez de repensar a nossa União, a nossa democracia europeia, a nossa resposta comum aos desafios comuns, a nossa luta comum contra todas as formas de intolerância, misantropia e medo.

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here

DiEM25 tem um plano para a paz na Ucrânia

Membros aprovam a nossa proposta de cinco pontos que visa uma resolução pacífica da guerra Enquanto a guerra na Ucrânia continua, não temos ...

Ler mais

It’s time to open the black boxes

Fundado sobre o princípio de “pensar global – agir local”, IT’S TIME TO OPEN THE BLACK BOXES! é um projeto de arte participativa fundado pela ...

Ler mais

Ruína sem esperança? Montenegro sob o jugo do nacionalismo e da corrupção

Montenegro, como tantos outros países, substituiu neoliberais corruptos por populistas de extrema direita aliados à Igreja

Ler mais

Nós parasitas revolucionários

Caro comentador do Semanário Expresso, É com grande estupefação que nós, membros de um movimento de esquerda, radical e progressista, nos ...

Ler mais