Gene Therapy

Terapias Genéticas: quem lucra?

Antigamente a cura de doenças através da manipulação genética de DNA humano era apenas ficção científica. Hoje em dia, as terapias genéticas são uma realidade. Os cientistas são capazes de produzir e inserir um conjunto complexo de moléculas que alteram o nosso DNA  que pode curar formas específicas de cegueira, doenças do sangue e até certos tipos de cancro. O espectro em termos de aplicação é ainda relativamente apertado mas existem mais terapias genéticas a caminho. Os milhões dos contribuintes que foram canalizados para investigação resultaram numa enorme quantidade de conhecimento científico ao longo das últimas décadas e tornaram possíveis ensaios clínicos.
Num mundo ideal, estas conquistas trariam alívio aos que sofrem de um conjunto variado de doenças. No entanto existe um grande obstáculo a transpor: O capitalismo. As seguradoras e as empresas farmacêuticas lutam pelos lucros associados às terapias genéticas. Em teoria, uma dose seria o suficiente para fornecer uma cura. Mas é sensível cobrar centenas de milhares de dólares por estas terapias? Faz parte dos nossos valores guerrear sobre o preço das terapias em vez de nos certificarmos que todos aqueles que necessitam delas as conseguem obter?

Como resposta a esta forma de “lucrificação” de tecnologias desenvolvidas às custas dos contribuintes, O DIEM25 apresenta o seu Dividendo Básico Universal como alternativa. Não nos decidimos relativamente a políticas de saúde pública mais abrangentes mas é por isso que precisamos da tua ajuda. Dispomos de um fórum e de uma plataforma para desenvolvermos as nossas ideias! Como primeiro passo, podes juntar-te a nós aqui.

Aris é membro e voluntário do movimento DiEM25

 

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here