DiEM25 prepares to compete in elections

Maio 2019, aqui vamos nós!

Vivemos dias excelentes para se ser um DIEMer.
A semana passada “aproveitámos o dia” e mergulhámos numa desafiadora, perigosa, mas também emocionante nova fase para o nosso movimento: Sim, nós vamos a isso!
Maio de 2019, aqui vamos nós!
A nossa votação interna foi decisiva: 73% dos membros verificados votaram e desses, 93% votaram a favor da nossa participação em eleições. (Resultados detalhados) Antes mesmo do segundo aniversário do DiEM25, vamos começar a trabalhar incansavelmente para levar o nosso New Deal Europeu e a nossa Agenda Progressista para a Europa às urnas europeias na Eleição para o Parlamento Europeu em Maio de 2019.
Seja qual for o resultado, este é um momento histórico: Nunca antes qualquer movimento tentou apresentar uma ÚNICA e completa agenda política a TODOS os Europeus tendo por base apenas UMA lista partidária para toda a nossa dividida e fragmentada União.
Nós estamos nisto para vencer. Mas a nossa noção de vitória é muito, muito diferente. Vitória, para nós, significa colocar na agenda, em todo o lado, os nossos princípios políticos progressistas, moderados, mas também radicais. Significa fazê-lo de uma maneira que possa mostrar aos Europeus que uma democracia Europeia transnacional é, não só possível, como é já uma realidade – de forma embrionária nas fileiras do DiEM25. Vencer significa ver nascer novas políticas, uma nova ética face aos actos eleitorais, um novo espírito de compromisso eleitoral feito por activistas que detestam a ‘autoridade’ mas que disputam eleições para recuperar a soberania das pessoas, ds comunidades, cidades, regiões, dos povos e dos Parlamentos.
A partir de hoje, vamos lançar debates em todos os países e cidades, com a sociedade civil e com actores políticos que se identifiquem com o nosso Manifesto e cujas políticas sejam próximas da nossa Agenda Progressista para a Europa e o nosso Novo Acordo Europeu. O objectivo? Preparar, em tempo útil, a agenda política completa e ÚNICA a ser apresentada em Maio de 2019 aos eleitores de toda a Europa. Os nossos membros, Colectivos Espontâneos (CED’s), Colectivos Nacionais, o Colectivo Coordenador, todos nós devemos estar preparados para estes Grande Diálogo com a Europa.
Vamos Começar!
O que podes fazer?
Na última votação decidimos, entre outras coisas, criar CED’s temáticos. Agora é o tempo de formares ou te juntares a um desses CED’s Temáticos e usá-los para ajudar a construir a nossa completa agenda política ORIGINAL. Em colaboração com CED’s existentes. Esses CED’s Temáticos podem levar esses temas e tópicos para a discussão da comunidade alargada de modo a criar um burburinho político, um despertar, e um conhecimento que é necessário como parte do processo urgente de gerar recomendações ao resto do movimento, tendo em conta as seguintes áreas do programa eleitoral do DiEM25 para Maio de 2019:

  • Investimento Verde e Transição Ecológica para Toda a Europa
  • Gestão de dívida Pública/Privada para a zona euro
  • Programa Pan-Europeu Anti-Pobreza
  • Pós-Capitalismo (por ex: Rendimento Mínimo Garantido, mudanças nos direitos de propriedade face ao capital, etc.)
  • Trabalho
  • Um Plano humano e eficiente para os Migrantes & Refugiados
  • Defesa e Política Externa Europeia
  • O Fim dos paraíso fiscais
  • Regulação das grandes empresas tecnológicas
  • Regulação das grandes empresas farmacêuticas
  • Uma carta Europeia dos bens comuns
  • Municipalismo Europeu (plano para uma maior autonomia das cidades)
  • Um novo tipo de Tratados de Comércio Europeu
  • Projecto para uma Constituição Europeia Democrática (Um movimento de assembleia constitucional que conduza a uma proposta de constituição que venha a substituir todos os Tratados)
  • Anti-Fascismo
  • Feminismo

A lista de prioridades pode mudar à medida que se vão estabelecendo as nossas alianças políticas e novos temas surgem neste processo multivalente, dos quais iremos dando conhecimento aos membros do DiEM25 à medida que forem acontecendo
 
 
O que é que os Colectivos Nacionais devem fazer?
Ajudar-nos, em colaboração com os CED’s, a identificar a situação política (com eleições futuras, possíveis alianças, etc.) em cada estado-nação representado nas eleições para o Parlamento Europeu em 2019. Considerar os aspectos legais relativamente à apresentação de candidatos no seu país, propor ao Colectivo Coordenador potenciais parceiros no seu país, encontrar maneiras de desenvolver o nosso Novo Acordo Europeu para o seu próprio país (i.e. aprofundá-lo).
O papel do Colectivo Coordenador
Começar debates com potenciais parceiros na Europa, em colaboração com PNC’s, CED’s, etc., e coordenar a criação da agenda política ÚNICA pan-europeia a ser apresentada aos eleitores em Maio de 2019.
E isto é apenas o início.
O nosso caminho até Maio de 2019 é, sem dúvida, marcado por diferentes assuntos, problemas e perigos. Alguns dos nossos membros ficaram relutantes em subscrever a nossa proposta Não Apenas Mais Um Partido Político por esta mesma razão. E nós levámos os seus avisos a sério. Estamos particularmente conscientes da importância de manter o DiEM25 um movimento, sendo a ‘ala eleitoral’ um instrumento – e não um guia para aquilo que fazemos. Muito menos esquecemos que o aprofundamento da nossa democracia interna é essencial para a democratização da Europa.
Mas acima de tudo, enquanto temos todas estas preocupações em mente, também é crucial que tenhamos uns minutos para celebrar o momento em que buscámos aproveitar o dia. Este é um momento verdadeiramente excitante. Podemos falhar. Mas terá sido tremendamente recompensador termos tentado. E se dermos o nosso melhor, sem que nos levemos a sério demais, iremos vencer. Porquê? Porque o que significa o DiEM25, e todos os nossos esforços é precisamente que é necessário ser feito neste momento histórico

Carpe DiEM25!
 
Yanis Varoufakis
>>DiEM25 co-fundador e membro do Colectivo Coordenador

 

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here