Yanis Varoufakis apela ao boicote à Amazon na Black Friday!

Olá, sou o Yanis Varafoukis e tenho uma mensagem da Progressiva Internacional e do DiEM25.

 Nesta Black Friday, dia 27 de Novembro de 2020, estamos a pedir-vos que não comprem nada em Amazon.com.

Estamos a pedir-vos que nem sequer visitem a página Amazon.com nesse dia. Só nesse dia. Estamos a pedir-vos que se juntem à nossa campanha global para fazer a Amazon pagar. Neste dia, ao boicotear a Amazon estás a adicionar a tua força a uma coligação internacional de trabalhadores e activistas da ITUC, UNI Global Union e Public Services International e “Trabalhadores da Amazon pela Justiça Climática”, e à Tax Justice Network e à Data for Black Lives. A Amazon não é uma mera empresa. Não é apenas uma mega-empresa monopolística. É muito mais e muito pior do que isso. É a base de um novo tecno-feudalismo.

A Amazon trata os seus empregados como robots dispensáveis, reduzido-os à sua capacidade de agarrar e empaquetar sob condições que destroem as suas almas e corrompem os seus corpos. A Amazon destrói as pequenas livrarias e negócios que são a essência das nossas comunidades. A Amazon não é apenas um provedor de serviços, e os seus lucros não são a recompensa de um provedor de serviços. A Amazon é uma gigantesca máquina de modificação de comportamentos: os seus serviços de dados são usados pelos Governos ao mesmo que os seus altos executivos dizem aos políticos o que fazer. Os seus algoritmos provocam aquilo que as pessoas compram, vêem e lêem.

A Amazon não paga pelo dano causado aos seus trabalhadores em armazéns sem higiene, pela eliminação de pequenos negócios, pelo enorme dano infligido ao planeta, à natureza, pelos serviços governamentais que são necessários para reparar o dano que a Amazon inflige nas pessoas, nas nossas comunidades, no nosso meio ambiente. Resumindo, a Amazon é um perigo claro e presente para os trabalhadores, comunidades, para a saúde pública. Para o planeta, para as democracias e sim, até mesmo para a noção do indivíduo liberal que os poderes instituídos exaltam.

O que podes fazer para que a Amazon pague? Somos demasiado pequenos para ser importantes? Não, não somos.

Lembra-te: nenhum déspota, oligarca ou empresário pode mandar sobre milhões, biliões de pessoas sem o nosso consentimento. A verdade é que o poder despótico não está nas armas do déspota, nas suas contas bancárias ou servidores de dados. Está na mente daqueles que o déspota controla. Está na nossa inacção.

A beleza e o poder do nosso Dia de Acção Black Friday é que requere apenas um minúsculo sacrifício da tua parte: basta que não visites Amazon.com um dia. Só isso! Mas este pequeno activismo, feito por milhões ou biliões de pessoas, traduzir-se-á num enorme golpe para a Amazon. Mesmo que causemos apenas um pequeno dano nos lucros da Amazon desse dia, na Black Friday.

O Sr. Jeff Bezos, que é um homem muito inteligente, vai notar. Vai perceber. Os dias de impunidade da Amazon chegaram ao fim. Juntos, nesta Black Friday, podemos fazer uma diferença gigantesca com um pequeno acto de solidariedade com os trabalhadores, as comunidades e o planeta. Nesta Black Friday, vamos fazer a Amazon pagar. OK? Carpe DiEM.

Do you want to be informed of DiEM25's actions? Sign up here

A Grécia e a UE deixaram para trás mais de 27 mil pessoas no Mar Egeu

Um estudo revela um número alarmante de casos em que a Guarda Costeira Grega e a FRONTEX ordenaram a migrantes que encontrassem o seu próprio ...

Ler mais

Junta-te ao DiEM25 na Marcha Azul pelo Clima!

A Marcha Azul pelo Clima, organizada pela plataforma Salvar o Clima, será já na próxima quarta-feira, dia 29 de junho às 18:00. Começaremos na ...

Ler mais

Declaração sobre a decisão da extradição de Julian Assange para os E.U.A.

Nenhuma palavra pode expressar o significado do precedente que foi aberto hoje pelo Ministro do Interior britânico Priti Patel ao aprovar a ...

Ler mais

Opomo-nos ao comércio com colonatos – assina já a petição

Apelamos à nossa audiência e aos nossos membros para assinarem a Iniciativa de Cidadania Europeia para enviar uma mensagem de oposição ao ...

Ler mais